Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Grávida sumida fez contato com o filho que mora em Porto Seguro, diz polícia de Sorocaba


A Polícia Civil de Sorocaba (SP) informou na tarde desta quinta-feira (8) que a mulher grávida dada como desaparecida entrou em contato por telefone com o filho mais velho, que mora em Porto Seguro (BA), e afirmou que está bem. O marido, Rodrigo Alexandre Monteiro, registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento. De acordo com Monteiro, Sônia Leide Leon saiu na segunda-feira (5) para trabalhar e não voltou mais. Segundo ele, a mulher estaria grávida de sete meses de trigêmeos.

Após o contato, a polícia de Sorocaba descartou a hipótese de sequestro, mas só vai encerrar o caso depois que Sônia se apresentar pessoalmente a uma delegacia.

O investigador Antônio Eusébio Marcondes Piloto, que acompanha o caso, disse que, como Sônia fez uso de um telefone para se comunicar, está eliminada a possibilidade de sequestro. “Quando alguém está sequestrada não usa telefone. Agora, ela precisa se apresentar em qualquer delegacia do país para registrar boletim de ocorrência de reaparecimento e assim fechamos a história”, explica.
Em entrevista ao G1, o filho, que tem 27 anos, confirmou a ligação e disse que não sabia que a mãe estava grávida. “Ela me disse que estava tudo bem e que havia sido um engano. Não contou onde estava, mas falou que não era sequestro e que eu deveria acalmar minha avó e meus três irmãos. Nós não sabíamos dessa gravidez”, explica o filho, que prefe manter seu nome em sigilo. O filho de Sonia disse que não vê a mãe há 3 anos, mas falava com ela frequentemente. 
"Se ela ligou e disse que está tudo bem, fico mais aliviado", disse o marido de Sônia. Ele contou ao G1 que conheceu Sônia em março de 2013, em uma danceteria em Sorocaba. Desde então, começaram a se relacionar e passaram a morar juntos, até que a mulher contou sobre a gravidez, no fim do ano passado. Ainda de acordo com Monteiro, ela contou que estava esperando trigêmeos e estava com sete meses de gestação. Mas ele diz que nunca a acompanhou ao médico ou viu os exames. “Estou confuso com a história, acho que posso ter sido enganado pela minha mulher”, diz.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

O Cabrália News não se responsabiliza pelos comentários de seus internautas, que podem ser feitos livremente, desde que respeitando-se as leis Brasileiras, as pessoas e assuntos abordados aqui.

Salientamos, que as opiniões expostas neste espaço, não necessariamente condizem com a opinião do nosso site e blog.